Shokugeki no Souma – Um prato cheio para os apaixonados por culinária

Com esse hype enorme de realities shows sobre comida no Brasil, era de se esperar o sucesso estrondoso de Shokugeki no Souma. O anime é uma adaptação do mangá criado por Yūto Tsukuda. O estúdio que ficou responsável pela adaptação foi o J.C Staff e a publicação por conta da Weekly Shounen Jump.

O protagonista da vez é Souma Yukihira, um cozinheiro adolescente que toca o restaurante da família junto com seu pai, Jōichirō Yukihira. O principal objetivo de Souma é se tornar um cozinheiro melhor que seu pai. Pensando nisso, Yukihira decide fechar o restaurante e levar seu filho para a academia de culinária Tootsuki, a mais rigorosa e famosa do Japão, lá são formados os melhores chefes de cozinha. Por ser uma escola de elite a cada episódio é um desafio diferente, ainda mais quando em seu primeiro dia Souma diz: “Eu serei o número um” em seu discurso.

1eb6d690b83d210d50eaad4daf125fcd

A escola conta com um sistema de ranking, a Elite dos 10, composta pelos 10 melhores estudantes da academia. Sob algumas circunstâncias são permitidos os famosos desafios culinários entre os estudantes, e essa é a forma mais rápida de conseguir uma melhor colocação no ranking. Um dos pontos altos do anime é acompanhar o desenvolvimento de Souma, aprendendo novas técnicas e aperfeiçoando sua culinária. Por ser uma escola extremamente rígida, quem não se sair bem nos testes (que não são poucos) perde a vaga.

O destaque fica por conta das competições entre os alunos, a cada disputa uma tensão diferente. Como padrão de animes Shounen, o protagonista é extremamente habilidoso e rapidamente se torna alvo de toda a academia. Também temos o objetivo, que é ser o número 1 da Elite dos 10, mas para isso ele terá que passar por sua “rival” Erina Nakiri, a décima cadeira da Elite, que declara desde o início não gostar de Souma. O anime trabalha muito bem o nivelamento dos personagens: você não vê personagens muito a frente comparado aos outros, isso é um ponto crucial para manter a rivalidade que prende nossa atenção, fazendo com que seja difícil terminar um episódio e quase automaticamente não ir ao próximo.

Shokugeki_no_Souma_04_Souma_Yukihira

Souma Yukihira

O potencial para futuras temporadas é muito alto. Há muitos personagens a serem explorados, como por exemplo o pai de Souma, Jōichirō Yukihiraque aparentemente tem alguma relação próxima com a então rival de seu filho, Erina. Temos também Megumi Tadokoro, uma das heroínas do mangá. Megumi foi para Academia de Culinária Tootsuki para se tornar uma chef e deixar sua família orgulhosa. Infelizmente, mesmo com sua evidente habilidade na cozinha, sua extrema demofobia (medo exagerado) tira o melhor dela e sente a necessidade de confiar em alguém que é próximo a ela, possivelmente devido ao seu humilde status e as suas origens comuns na academia. No entanto, depois de Soma testemunhar suas incríveis habilidades culinárias e método criativo de cozinhar, Megumi se torna sua parceira auxiliar e amiga durante a série.

A polêmica do anime fica por conta de cenas “ecchi”; Por que as aspas? É que isso é muito relativo: algumas pessoas veem as muitas cenas que apresentam personagens nus, tendo “orgasmos culinários”, quando experimentam pratos deliciosos, como um apelo sexual, já outros (o meu caso) enxergo isso como um alivio cômico, que depois que você vê algumas vezes fica normal e natural.

A parte Ecchi do anime. (alivio cômico)

A parte Ecchi do anime. (alivio cômico)

Estou ansioso para a próxima temporada. Conseguiram deixar dúvidas inquietantes nos espectadores, isso eu posso afirmar. E você, aprendeu a fazer algum prato assistindo o anime?

AdmiralJota

Sobre o autor

Um dos fundadores do Bacon Side, 25 anos. Apaixonado por tudo relacionado ao mundo nerd, odiando o dia em que um amigo me apresentou meus primeiros animes e mangás. Nas horas vagas salvo o mundo, matando zumbis e vampiros com meu sabre de luz amarelo.

Veja outros artigos de AdmiralJota