Carros3-capa

Crítica: Carros 3

Após muita espera, Carros ganha seu terceiro filme, e com um teaser preocupante apresentando um acidente com nosso querido Relâmpago Marquinhos.

McQueen está a todo vapor, vencendo diversos campeonatos, até ser surpreendido por Jackson Storm, um carro da nova geração que promete um desempenho incrível nas corridas. Após muitas derrotas, nosso protagonista começa a se sentir frustrado, fazendo com que comentários sobre sua aposentadoria acabem vindo a tona, é então que decide se submeter a um treinamento especial, junto a sua nova companheira Cruz Ramirez.

Carros3-1

Catchau! ⚡

Após algumas derrotas para Storm, Relâmpago, ao se esforçar demais em uma das corridas, acaba perdendo a atenção, o que o faz derrapar e sofrer um acidente grave. Ao se recuperar, sua volta é incerta, já que se sente incapaz de ganhar do novo rival e os boatos sobre sua aposentadoria o deixam desmotivado. Sem DOC Hudson para o aconselhar, nosso corredor vai atrás dos veteranos, os mesmo que aconselharam e correram ao lado de DOC em seu tempo de glória, e com um treinamento especial superar Jackson Storm.

A qualidade da animação está de se aplaudir, cada detalhe é bem trabalhado (como era de se esperar da Pixar). A trilha sonora é bem animada e traz um ar bem agradável ao filme.

Carros3-2
Cruz Ramirez e Relâmpago Marquinhos

Algumas curvas erradas

O filme conta com uma história bem simples e objetiva, sem muitas voltas, o que acaba o tornando bem simples.

Diferente de outras animações da Pixar (como Divertidamente), Carros não apresenta uma história com muita profundidade ou ensinamentos, a não ser a representação de nunca desistir e imensa confiança do protagonista.

O final nos deixa com a incerteza de uma continuação, deixando bastante a desejar. Mas devemos sempre lembrar que o foco é o público infantil, então é compreensível se não agradar tanto pelo seu roteiro e narrativa.

Curiosidade

Como informado e provavelmente já percebido por muitos, Doc Hudson é um personagem que apesar de sua importância, não apareceu no segundo filme da franquia, e agora em sua terceira versão somente é apresentado como falecido. Isso por que Paul Newman, antes ator e aqui dublador do personagem, faleceu em 2008 (83 anos), então por consideração e homenagem Jhon Lasseter (diretor da série), decidiu que não fazia sentido persistir com o personagem sem a presença de Newman, que por acaso também era um ótimo corredor.

A sua proposta é muito interessante e vai agradar a maioria dos fãs, especialmente os pequeninos, sem contar as risadas durante o filme.

Carros 3 tem sua estréia no cinema no dia 13 de Julho.

Autor

22 anos, cinéfilo, amante de doces, animes, mangás e jogos eletrônicos. Nas horas vagas estou cumprindo meu papel como Jesus.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *