Bloodborne – 5 bosses mais horripilantes

Lançado exclusivamente para Playstation 4 no ano passado, Bloodborne é um “spin-off espiritual” de Dark Souls, ou seja, tem muito das mecânicas e conceitos básicos do game, porém com uma nova história, novo tema e um novo gameplay. Aqui, você é um hunter, e vai caçar criaturas de outro mundo. Se Dark Souls tinha de leve referências a Lovecraft, esse aqui é totalmente baseado em sua obra. Desde o tema de loucura, até os “Great Ones”, esse game é uma grande história de terror com seres fantásticos e assustadores. Particularmente, o design dos inimigos chama a atenção, por serem os mais assustadores, distorcidos e nojentos já feitos por Hidetaka Miyazaki, criador de Dark Souls. A regra é básica: quanto mais grotesco o inimigo, mais difícil ele é. Então confira os 5 bosses que te darão pesadelos:

5 – Blood-starved Beast

bloodborne01

Um boss opcional do game, você o encontra logo no começo, possivelmente sendo o terceiro ou quarto boss que irá enfrentar. Ele é um dos inúmeros Beasts que tem no game, porém quando você o vê já dá pra perceber o nível: a pele por cima do corpo dele é como se fosse um manto. Ou seja, esfolaram o bicho, mas ele não morreu, e ele fica andando por ai com a pele balançando como uma capa! E não para por ai, pois como o mapa dele lhe dá a dica, ele é um boss de veneno, e durante a luta ele vai te envenenar de várias formas. Ele é basicamente um dos boss mais difíceis para muita gente, pois ele é excepcionalmente rápido e cruel, e ele visivelmente vai ficando cada vez pior e mais furioso conforme você bate nele. Perto do fim da luta ele fica usando espirando veneno através de todo o seu corpo no ambiente, e basta você ficar andar por onde ele passou para ficar envenenado. Você não vai conseguir correr dele, e como o resto do game demanda, é nessa hora que você tem que aprender a ser o Caçador, ou você será o caçado.

4 – Ebrietas, Daughter of the Cosmos

bloodborne02

O sentimento de “WTF IS THIS SHIT?” é real. Simplesmente não dá pra olhar pra ela e saber o que ela é. Sendo uma Great One, uma espécie de divindade do game, ela é uma criatura horrenda de outro mundo, e vai usar os ataques mais bizarros para te vencer. É interessante perceber que, o “rosto” dela, aonde dá para ver os olhos, na verdade não existe. Temos os 2 olhos, e no meio, podemos ver diretamente o cérebro dela! É o ponto fraco aonde ela toma mais dano, mas não se deixe levar, pois ela vai literalmente te bater com o cérebro se você ficar parado. Considerado por muitos o boss mais difícil do game (sem contar DLC), na primeira jogatina ela tem uma quantidade ridiculamente alta de HP e alguns ataques 1-hit ko que são difíceis de desviar.

3 – Amygdala

bloodborne03

Outro Great One, esse aqui parece ser mais madura e adulto. Também, é o maior boss do game no quesito tamanho! Com 6 fucking braços e um visual totalmente Lovecraftiano, isso é o maior bicho que você vai querer correr para longe. Cada mão dele tem 6 dedos, e ele ataca violentamente com todas elas, além de sua cabeça. Ele ainda usa alguns ataques mágicos com as mãos e cabeça. Se você olha para ele e acha que ele é cego, pois a cabeça dele parece um castanha, não se engane. Quando ele usa uma de suas magias, na verdade dá para ver que nessa cabeça ele tem dezenas de olhos que ficam escondidos. Baseando-se em The Last Giant de Dark Souls II, em um momento da luta que ele está com pouco HP, ele arranca dois de seus braços (!!!!!!!) e usa eles como porretes, essencialmente dobrando o seu alcance na arena, que já não é muito grande. Outro boss dificílimo também já fez muita gente pedir ajuda.

2 – Orphan of Kos

bloodborne04

Boss final do único DLC do game, The Old Hunters, esse bicho é a definição da mente doente de um criador. Ele é praticamente um aborto! Sim, o nome dele, órfão, se refere a cutscene inicial da batalha, aonde nós vemos a sua “mãe” Kos (um Great One) morta na praia, e ele saindo de suas entranhas, possivelmente antes de ter se formado completamente, portanto nascendo prematuro e órfão. Ele está literalmente caindo aos pedaços, e a “arma” que ele usa está grudada a seu braço por músculos, como se fosse um órgão, possivelmente o seu cordão umbilical (!!!!!!!!). Não dá nem para processar esse tipo de informação. Ele é um dos melhores bosses do game em todos os sentidos (se não o melhor), contando design, trilha sonora, dificuldade e gameplay. Ele é uma genial mistura entre os bosses “monstro” e os bosses “humanos/caçadores”, pois ele tem ataques e fases que agem como os dois. Isso não é exclusivo dele, mas ele tem o melhor e mais elaborado gameplay de todos eles.

1 – Ludwig

bloodborne05

O sentimento de “WTF IS THIS SHIT?” é real demais! Primeiro boss do DLC, Ludwig é somente citado na história como sendo um lendário caçador que ninguém sabe aonde foi parar. Como acontece com a maioria, ele sucumbiu à praga e virou um beast também, mas ele é outro nível. Com o design mais distorcido e horripilante ever, ele é uma mistura de beast com um cavalo, com mais algumas coisas que não dá nem para nomear. Ele é gigante, e você cosegue enxergar várias pernas e braços misturados em seu corpo, não dá nem entender como ele consegue se movimentar. Além do rosto distorcido, ele tem uma coisa do lado da cabeça, parece uma segunda boca com dentes, estilo um Kraken, mas quando você olha de perto, não são dentes, são olhos! É simplesmente doentio! E ainda por cima, na luta, ele é facilmente uma das mais complicadas do game. Ele tem inúmeros ataques, e por causa do seu formato inconsistente, é difícil de prever com qual braço ou perna ele vai te atacar. Ao contrário do que se espera de tanta deformidade, ele é muito veloz e você pode morrer sem nem entender o que ele fez. E pra completar a beleza da luta, em sua segunda forma ele usa uma espada (!!) e começa a dar uns ataques mais “humanóides”, mudando totalmente o seu estilo de ataque, complicando ainda mais a sua vida.

Veja também:

Demon’s Souls – 5 bosses marcantes

Dark Souls – 5 bosses mais difíceis

Dark Souls II – 10 melhores bosses

Renato Dias